Os três se levantaram.

- Obrigado!- disse David.

- Se você for bom e fazer sucesso aqui, eu que agradeço!- John disse sorrindo,

David caminhou para fora do trailer.

- Não esqueça, sábado é a passagem e domingo é a apresentação!- John lembrou.

David acenou, ele estava alegre e toda aquela tensão estava passando, mas agora ele estava eufórico, doido para subir no palco.

- Nem acredito cara!- disse David.

Chad sorriu.

- Eu também não, você conseguiu, não é um grande evento, mas é um evento. – disse Chad.

- É, mas eu vou curtir muito cara!

David e Chad partiram para casa, agora ele e seus pensamentos estavam totalmente voltados para a apresentação, ele estava adorando aquilo.

Os dois estavam sentados no sofá, assistindo uma das séries favoritas deles.

- Cara essa série é uma das melhores!- disse Chad.

- Muito cara, super!- disse David.

Chad olhou a hora pelo celular, estava tarde para quem estudava.

- Hora de dormir cara, eu estou indo!- disse Chad, o pijama dele era um samba-canção e uma camisa do AC/DC.

- É melhor!

David desligou a TV, o episódio já tinha acabado mesmo, os dois caminharam cada um para o seu quarto. David desligou as luzes, deitou na cama com seu celular. Ele não ia dormir agora e como sempre fazia, iria pensar sonhar.

David só acordou de verdade quando estava caminhando para dentro do prédio escolar, logo na entrada um pequeno grupo de pessoas se aglomeravam em frente ao mural.

- O que será isso?- David falou olhando para o grupo.

- Sei lá, anuncio de teste, resultado deles, jogos!- Chad disse tentando adivinhar.

Os dois passaram perto do grupo e um dos alunos o olhou.

- Olha pessoal, é ele!- ele disse apontando para David.

David achou estranho, o que aquele garoto queria, ele se aproximou do mural e ficaram surpreso, todos olhavam para ele e comentavam e um papel estava colado no mural com a foto de dele.

Para a inauguração do espaço de atrações. O Parque Fantasy tem o prazer de apresentar o DJ Younks, com a melhor musica eletrônica, não perca, compre já seu passe até sábado.

David estava impressionado, fora muito rápido a divulgação e ele até ouvia alguns comentários de ‘‘nossa eu vou comprar meu passe’’ e outros como ‘‘Adoro musica eletrônica, eu vou nessa festa’’.

- Cara, foi muito rápido!- comentou Chad sorrindo.

Todos começaram a olhar para David e a reconhecer a foto.

- Legal não é, vamos!- disse David, na verdade era o sensor de timidez dizendo ‘‘saia’’.

Os dois começaram a caminhar para sala.

- David Younks!- disseram.

David olhou para trás e viu uma garota oriental vir até ele, ele a conhecia, era Melissa Wong a chefe do jornal da escola.

- Sim!

- Posso fazer algumas perguntas? Sobre seu show?- ela disse pegando um bloco de notas onde as perguntas já estavam anotadas.

- Claro, mas tenho que ir para a sala!- ele disse.

- Ah, não se preocupe, você caminha, eu pergunto e você responde. – ela disse sorrindo.

Na verdade foram mais que algumas perguntas, Melissa só saiu do pé de David quando o professor chegou.

- Essa festa quase não vai render Melissa!- ele dissera.

- Tá brincando cara, eu sondei pela manhã e mais de cem passes já foram vendidos!- ela respondeu.

David se assustou, cem passes vendidos era um grande publico. As aulas começaram, mas quem disse que os alunos conversavam sobre elas? Cada vez que David virava a cabeça alguém comentava no ouvido do outro ou ficava olhando para ele.

- Droga, todos estão me olhando!- disse David de cabeça baixa copiando as coisas do quadro.

- É meu amigo, se acostume por que isso pode virar rotina!- disse Chad.

- Mas isso ta me deixando louco, não posso virar nem a cabeça sem que alguém me olhe!

- Fica tranquilo cara, deixa olharem!- Chad o acalmou.

David só desejava que aquilo parasse e que ele pudesse virar para as pessoas outra vez sem ser encarado, mas ao mesmo tempo estava adorando aquilo, reconhecimento.

Aquela semana passou rápida e de repente eles já estavam no sábado, Os dois tomavam café enquanto Chad lia o jornal, o que ele tornou frequente, David terminava o seu e o colocava na pia, ele estava bem confortável com uma camisa enrolada até as mangas e uma jeans, Chad estava com uma camisa preta e bermuda xadrez e claro, os dois não abandonavam seus All-Star.

- Ok, vamos Chad!- disse David. – Você pode ler seu jornal no carro.

- Vamos amigo!- ele disse.

Os dois desceram as escadas e entraram no Dodger e rumaram para o parque. Quando David estacionou de longe deu para ver cinco pessoas na bilheteria.

- Cento e quatro pessoas?- ele pensou em voz alta.

- O que?- disse Chad distraído, ele ainda lia o jornal.


David apontou e Chad viu.

- Nossa, que legal!- ele disse.

David arrumou as coisas no carro e saiu junto com Chad que agora usava um óculo. Os dois caminharam até a bilheteria e mais uma vez o pessoal olhou para David.

- Você é o Younks?- disseram.

- Sim, sou eu!- David respondeu.

- Boa sorte amanhã cara, estaremos aqui!- ele disse.

- Obrigado cara!- David disse sem jeito.

Os dois caminharam para dentro do parque rumo à área de atrações, agora Chad mexia no celular.

- Lendo jornal pelo celular?- David brincou.

- Não cara!- Chad sorriu. – Estou vendo o que está rolando, muitas pessoas compartilharam a matéria da escola, sobre você e o show!

- Sério?- David se surpreendeu.

- Muito sério!

A área de atrações estava movimentada com alguns técnicos e John que gritava ordens.

- David!- ele disse quando avistou o garoto.

- Olá John!- ele disse.

- E Chad, você está com maior pinta de empresário!- ele brincou.

- Sério cara!- ele sorriu.

- É, você mexendo no celular, parece que está resolvendo alguns assuntos e tal!- John falou. – Mas vamos hoje o dia vai ser de testes, amanhã tudo tem que está perfeito por que já temos cem pessoas confirmadas!

O dia foi cansativo, testes, testes e testes. Tudo terminou somente às quatro horas enquanto os três estavam sentados em cadeiras de praia e bebendo refrigerante.

- Sei que você está ansioso para amanhã!- John sussurrou.

David virou para ele.

- Para falar a verdade, estou sim!- disse.

John riu virando metade do seu refrigerante.

- Eu tinha uma banda nos anos 70, na nossa primeira apresentação parecia que todo mundo ia fazer xixi nas calças!- ele disse.

- E como você resolveu isso?- David perguntou virando sua garrafa.

- Fumando!- disse John.

Os dois riram.

- É claro que você não vai fazer isso, mas relaxe cara e respire!- ele disse.

- Vou tentar!- ele disse.

Os dois terminaram de beber o refrigerante e Chad chamou atenção para eles irem embora, no caminho para o apartamento ele só pensava no show e torcia para que toda aquela galera fosse mesmo.

- Eu tava checando!- disse Chad. – E todos já confirmaram presença na apresentação!

- Sério?- David disse.

Chad entregou o celular para ele e David viu que haviam criado um evento no Facebook e contava com mais de cem participações.

- Nossa!- ele se assustou.

- É meu amigo, melhor ir tirando essa timidez, por que você vai ter que encarar um grande público para uma primeira vez!- disse Chad.

- É!- disse David.

Ele estava animado, um pouco de timidez ainda caia sobre ele, mas a apresentação era importante, são apenas cem pessoas.

David não teve o sonho, alias aquele sonho estava passando. Seria por que ele iria fazer exatamente aquilo?

- Animado?- perguntou Chad quando David entrou na cozinha, ele já estava se servindo com uma xícara de café e lendo o jornal.

David ainda sonolento pegou uma xícara e colocou um pouco de café e depois se sentou junto com ele.

- Não nesse momento, mas sim estou animado!- ele respondeu.

Chad riu.

- Anime-se David, você precisara disso mais tarde!- Chad falou.

- Ou eu bebo o café ou fumo!- David falou fazendo referência a John.

Os dois riram.

- Ok, agora relaxe por que a festa começa as cinco!- Chad falou.

David sentou no sofá e de repente se passaram as horas, quando ele olhou para o relógio já eram quatro e meia. Ele entrou no banho e demorou um tempo arrumando o cabelo- às vezes ele se assustava o quanto demorava em fazer uma simples coisa- depois foi para o quarto, vestiu uma jaqueta preta com o zíper fechado, jeans azul escuro e seu inseparável All-Star vermelho.

- É você está parecendo um mini David Guetta!- disse Chad na porta.

David e olhou e sorriu.

- Obrigado!- ele disse.

- Sério, olha a roupa, o tênis e o cabelo!- ele disse.

Chad estava vestindo um casaco verde escuro, camisa escura, jeans e botas.

- Ok, agora ande, não pague de estrela na sua primeira apresentação!- Chad disse.

Os dois saíram do apartamento e enquanto descia as escadas, David sabia que de alguma forma aquela noite iria mudar sua vida.

Os dois estacionaram e saíram do carro, algumas pessoas ainda estavam na fila e conheceram David e logo o chamaram para tirar fotos e ele meio sem jeito aceitou tirar as fotos, a sua simpatia incrível acabava com isso, ele tirou fotos com algumas pessoas e depois entrou, o parque estava funcionando apenas para a apresentação, algumas pessoas caminhava para a pista e de longe se podia avistar o palco, as luzes e o pessoal que se reunia através dele. Quando chegaram mais perto eles puderam ver que havia barracas de cachorro-quente, algodão doce, refrigerantes e outros.

- Ei pessoal!- disseram.

Os dois olharam, era John e ele os cumprimentou. John estava até com cabelo arrumado e com um terno.

- Então, viu esse pessoal aqui? Diga-me que não está tenso? Eles estão aqui para ver você!- ele falava.

- Não cara, fica tranquilo, eu vou subir ali e arrebentar!- ele disse.

- É isso ai David!- John disse- Agora venha, vamos anunciar você.

John os conduziu direto para o palco, era grande e dali o público parecia maior.

- Posso?- ele disse.

- Claro!- disse David.

John tomou a frente com o microfone e foi aplaudido.

- Pessoal muito obrigado por virem aqui hoje e eu tenho o prazer de inaugurar essa pista para atrações com uma atração do tipo moderna, por favor, recebem a atração da noite, DJ YOUNKS!

David respirou e entrou no palco, ele foi totalmente ovacionado, gritos e palmas. Ele colocou os fones e começou a tocar, sim ele começava a se sentir melhor pela musica e a galera estava gostando, todos estavam dançando e ele até reconheceu algumas caras escolares entre todo aquele povo, mas ele não só fazia tocar a musica, ele agitava a galera, se animava e fazia como se a musica fosse um verdadeiro gerador de energia para todos e em poucos minutos ele já conquistava a galera. Ele quase não acreditava que estava fazendo aquilo, fazendo o que mais gostava, ele estava extremamente feliz em ver todo àquele pessoal, dançando ao seu som.

Depois de usar a sua playlist de vários DJs, entre eles a maioria do seu adorável David Guetta. Ele pegou o microfone.

- Bom pessoal, eu espero que tenham gostado!- ele disse.

O pessoal lamentou com algumas vaias e aquilo deixou David meio que com o ego fortalecido, eles estavam gostando.

- Mas eu vou deixar programado um set aqui, afinal eu também quero aproveitar a festa!- ele disse.

O pessoal aplaudiu e ele apertou o play, seu set começou a tocar e ele desceu, ele tinha passado uma hora no palco.

- Muito bem cara, todos adoraram!- disse John.

- Sério mesmo?- David falou.

- Eles continuam aqui cara, então você fez sucesso!- John o aplaudiu.

Chad chegou abraçando o amigo.

- Todos gostaram sem exceção cara!- ele disse.

Todos estavam maravilhados, uma hora no palco e ele tinha conquistado o grupo.

- Agora vão, curtam um pouco da festa!- John falou.

David caminhou até a barraca de refrigerante, hora e outra parando para tirar fotos, em particular ele achava estúpido aquilo, mas não negava o pedido. Os dois ficaram parados perto da barraca conversando.

- Da pra acreditar que isso aconteceu?- David perguntou.

- É bem real cara, acredite!- Chad falou.

David estava alegre, pessoas passavam elogiando ele e tudo mais.

- Você vai ficar por aqui?- Chad perguntou.

- Acho que sim, por quê?- David falou.

- É que eu estava conversando com uma gata ali!- ele disse.

- Sem problemas cara, pode ir!- David disse.

- Nos vemos mais tarde!- ele disse.

David ficou parado e depois virou para o lado, ia dar uma caminhada, assim que ele virou ele topou com uma garota, o resto do seu refrigerante virou na camisa dela. Droga. Perfeito, toda aquela alegria de tinha que da em merda alguma hora e agora era a passagem de vergonha.

- Ah, me desculpe!- ele disse.

- Cara, olha por onde anda idiota!- ela disse tentando limpar a camisa branca.

Ela levantou a cabeça, o cabelo preto com uma franja cobria um pouco da testa, ela era parda quase morena de cor, a camisa branca estava agora com uma mancha na parte do estômago e vestia uma jeans apertada com um tênis. Ela ficou um tempo olhando para ele, ela tinha olhos castanhos que eram incríveis à noite.

- Me desculpe eu não queria!- eles disseram ao mesmo tempo e depois pararam.

- Eu me desculpo, desculpe por derramar na sua camisa!- ele disse.

- Sim, tudo bem, mas agora está encharcado!- ela disse olhando para sua camisa.

David abriu o zíper da jaqueta e estendeu para ela.

- Pegue, segure na frente ou coloque!- ele disse.

- Não precisa!- ela disse.

- Não, por favor, pegue!- David insistiu, ele estava morrendo de vergonha.

Eles se olharam por um segundo e ela acabou pegando a jaqueta e segurando na frente da camisa.

- Desculpe mesmo, eu sou David, David Younks!- ele estendeu a mão.

Mais uma vez ela o olhava como se procurasse alguma coisa.

- O pedido de desculpas parece sincero!- ela disse por fim. – Sou Sarah, Sarah Jones!- ela disse apertando a mãe de David.

Ele sorriu.

- Eu ouvi seu nome no palco, há quanto tempo é DJ?- ela perguntou começando a caminhar.

- Sinceramente, essa é minha primeira apresentação!- David falou, seguindo-a.

Ela riu.

 Sério?Primeira?- ela disse.

- É eu tenho pratica, mas nunca havia me apresentado antes!- ele disse. - Você mora aqui?

- Bom!- ela disse. – Agora sim, eu cheguei à cidade há uma semana, estava em Londres!

- Londres? Legal!- ele disse.

- E você, é daqui?- ela disse.

- Sim, nascido e criado!- ele disse.

Os dois continuaram a caminhar, até que o celular de David começou a tocar.

- O que foi?- ela perguntou.

- O set está acabando, tenho que voltar para o palco!- ele disse.

David começou a caminhar para o palco quando Sarah o chamou.

- Leve a jaqueta!

- Acho que você ainda vai está aqui quando eu voltar!- ele disse.

Ela sorriu e ele caminhou para o palco para mais duas horas de festa.

Depois que a festa acabou todos estava saindo, Chad já tinha enviado uma mensagem dizendo que ia dar uma passada na casa da garota que conhecera. David seguiu sozinho para o estacionamento, quando alguém o chamou, era Sarah, ela ainda estava com sua jaqueta.

- Sua jaqueta David!- ela disse estendendo ela.

- Ah, quase me esqueço, eu estou cansado!- ele disse.

- Poderia me fazer ultimo favor?- ela disse.

- Depois do estrago na sua camisa e da minha vergonha, é claro!- ele disse.

Ela sorriu, cansada.

- Minha amiga resolveu me abandonar para ir para casa de um cara e eu fiquei sem carona!- ela disse.

- Somos dois então e sorte que eu fiquei com a chave do carro!- ele falou- Vamos, entre.

Ela entrou e os dois foram conversando até a casa dela, que ficavam em um bairro de classe media, ele chegou e estacionou.

- Chegamos!- ele disse.

- Obrigada!- ela disse se arrumando.

- E mais uma vez, desculpe!- ela disse.

- Já esqueci você não fez por mal!- ela disse.

Os dois notaram que as luzes da frente da casa piscavam e ela riu.

- Que foi?- ele perguntou.

- Minha mãe ou pai, deve está achando que estamos transando no carro!- ela disse.

Ele riu.

- Diga para eles que eu só molhei sua blusa!- ele disse.

Os dois riram. Antes de sair ele anotou o celular dela e depois observou ela entrar na casa. Agora ele só queria voltar para casa e dormir, a noite tinha sido maravilhosa e inesquecível, ele merecia.







Reações: