FAZENDO O QUE É CERTO
SEASON FINALE

Ora, a bondade... Uma qualidade correspondente a ser boa, ou seja, uma qualidade suprema capaz de manifestar satisfatoriamente alguma perfeição, que se pode aplicar a pessoas, coisas e situações.

Na maioria das ocasiões a bondade pode ser usada para designar uma virtude pessoal, quando aplicada a objetos e situações ela pode se referir apenas à perfeição de algumas características do objeto ou situação. Por exemplo: ao afirmar que um vinho é bom, a bondade em questão se refere apenas às qualidades de aroma e sabor.

Porém, não pense que apenas os objetos possuem a qualidade do aroma e do sabor, os humanos também são capazes de reprimirem estas causas... Alguns humanos, outros apenas são capazes de destruírem estas influências por não aguentarem assistir e perceber uma pessoa praticando atos carinhosos, fazendo o ser cruel partir para uma iniquidade sem fins.

A bondade pode significar a disposição permanente de uma pessoa em não fazer o mal, ou de um objeto ou situação em não ser prejudicial, neste sentido tem por sinônimo a benignidade. Neste sentido, na medicina diz-se que um tumor é benigno, embora, concretamente, seja uma patologia.

E novamente descordando da concordância, não apenas as doenças podem ser benignas ou malignas, os humanos ao seu redor também... Muitos querem destruir a paz de outros, influenciando em guerras, tumultos e a esperança de um Planeta melhor morrendo até apenas existir menos que a metade de uma população protestante aos fatos de maldade, assim como Noah.

A bondade pode significar a disposição permanente de uma pessoa em fazer o bem, neste sentido tem por sinônimo a benevolência.

Noah avistava a sua bela e talvez amiga Ashley, ela também o olhou e os dois se sentiram num momento tenso sobre quem começaria falando as primeiras palavras, porém tudo foi se desfechando e logo aquele instante de nervosismo de ambos os lados se fora e as raízes do romance se fundiam naquela hora.

Após o jovem caçador de pirata descobrir que Ahley era a princesa do lugar e saber que um menino sem compromissos com o futuro estaria com o medalhão sagrado da família, Noah começou a procurar pelo garoto junto de sua nova amiga, mesmo enquanto Joshua estava sonolento pelos cantos daquela cidade que não temia tanto mais ao caos.

Eles pareciam se identificar bastante, até que Noah se deparou com as pessoas correndo muito e tentando ajeitar as coisas o mais rápido possível.

Ele então perguntou confuso para "Ash":

- Porque este povo está tão apressado assim, querida?

- Bom, hoje é um dia muito especial para as nossas terras... Hoje é o aniversário de Rochester e tudo deve estar perfeito para essa noite, muitos fogos, balões, comidas, barracas e o mais importante, a diversão! - disse rindo a menina.

- Hum... - pensou Noah.

- Você deveria vir também, vai ser legal, nós podemos conversar mais... - convidou Ashley um pouco envergonhada, mas com atitudes.

- Ok, vou chamar o meu preguiçoso amigo Joshua e vamos para esta festa - aceitou imediatamente Noah.

- Eba, eu vou para casa resolver uns compromissos e ajudar os meus pais com os preparativos, apesar deles não precisarem fazem questão de ajudar nesta obra. Te espero por aí heim... Não vá embora "meu herói" - disse rindo Ashley.

- Até... - sem palavras Noah se despediu.

O jovem então percebeu que se ele encontrasse o tal medalhão talvez Ashley aceitaria um compromisso mais sério com o próprio, então Noah ficou de olhos atentos a todos os lugares, mas ninguém possuía o artefato descrito por Ashley.

Naquela noite de festa, Noah e Joshua ainda não haviam achado Ashley e era tudo muito bonito, festivo, com todos felizes e uma cidade luminosa.

Joshua se estressou e saiu dizendo:

- Foi mal meu superior, mas agora eu ou comer algo, não quero procurar esta garota que nem conheço, abraços e sucesso com sua menina. - disse sorrindo Joshua.

- Vai lá, estranho... - falou também levando na esportiva Noah.

Noah parou um pouco de procurar Ashley e foi pegar algo para comer, pois a sua fome havia chegado. Quando ele hora pro lado notou um garoto franzino, porém com uma face de malandro conversando com o dono da tenda.

E ele dizia:

- Moço, eu troco todas as suas boas comidas por este medalhão brilhante e de ouro fino e verdadeiro...

- Nossa, moleque eu sei que isto é muito bonito, mas você só trás problemas a todos, vá embora! - disse o dono daquela tenda.

Noah então lembrou que o medalhão e o garoto eram os mesmo descritos por Ashley, ele então corre atrás do garoto gritando: "Esse medalhão não é teu, me devolva... Já sei de tudo!", logo o moleque - fugindo - caiu no chão e começou a chorar.

Noah não sentiu pena e pegou o medalhão a força:

- Para de choramingar, isto nem doeu...

- Não é isso, eu estou chorando, pois não tenho nada. Os meus pais morreram quando eu era criança e ainda sofro e muito com isso, todos me olham estranho e sempre procuro achar algo para comer e nunca consigo, por isso quis trocar este medalhão somente por isso peguei o medalhão de Ashley, sabia que era valioso e poderia trocar por muita fartura... - chorou o garoto.

- Foi mal cara, não fique assim, tome... Vários pesos para você gastar com o que quiser, desculpe eu ter sido bravo com você! Qual o seu nome? - perguntou Noah.

- Me chamo Dylan, muito obrigado, você não é do mal, é um garoto bom, obrigado mesmo... - agradeceu Dylan.

- ... Noah, me chamo Noah amigo! - disse o herói.

Noah voltou feliz por ter ajudado um jovem e não roubar mais as pessoas já que ele estava repleto de moedas (pesos) e também tinha o medalhão, justamente naquela hora ele viu Ashley. A jovem agradeceu felizmente a Noah e os dois se abraçaram, Joshua apareceu na hora chamando Noah, mas quando viu seu amigo abraçado com a garota, ele riu e foi embora vendo que Noah estava bem, seguro e alegre.

Mas, nada é perfeito, assim como a bondade, existem aqueles que apenas querem o mal dos outros e quem aparecia navegando pelos mares naquela noite era a tripulação de Jackson, ou seja, ele estava bem perto de atacar a cidade de Rochester.

David perguntou para Jackson:

- Agora?

- Sim... Fogo! - ordenou Jackson confirmando para que sua tripulação atirasse os canhões para a cidade.

Não percam... A 2ª temporada, Em Breve!
Reações: