Surfe na Praia

Música – Armandinho – Pescador

Dedicado: Pamela

“Sentado no píer, olhando o mar, e do meu lado a praia, com todos surfando nas ondas do mar. Vou nessa também”.



Com fones de ouvido, uma garota de longos cabelos loiro-escuros, olhos castanhos e pele clara, caminha ritmadamente com uma música que ela ouve sorrindo. Sentindo o vento quente e úmido balançar o seu cabelo, abre os olhos e suspira sentindo a felicidade de caminhar na beira da praia.

Parando lentamente.

- Ah! ... Muito bom isso – diz ela para si mesma, olhando o mar e voltando a caminhar lentamente, ainda ouvindo a sua música predileta.

Ela coloca as suas mãos dentro do bolso de sua bermuda larga, enquanto balança o corpo para os lados, no ritmo da música.
Olhando os barcos, longe e mar a dentro, pescando. Enquanto mais para os lados, alguns homens e mulheres, jovens e mais velhos, surfam nas ondas moderadas. Muitos caindo da prancha e outros saindo de dentro das ondas e tocando-as.

Ela suspira os olhando.

- Também vou! – diz ela pra si mesma de novo, tirando um dos fones de seu ouvido e correndo toda animada para até onde estavam as suas coisas, numa barraca no meio da praia.

- Estou Indo surfar!! – grita ela para quem estivesse em casa. Pegando a sua prancha grande, cor bege e listrada de cima para baixo, e correndo em direção a praia, tirando a bermuda larga deixando apenas o biquíni.

- Vou mostrar como se surfa de verdade! – afirma ela para si mesma em voz alta entrando na água, indo para o fundo, deitando sobre a prancha e se molhando toda, mas logo pegando a onda, deixando a água levá-la, e assim q sentia que era possível, se levantava sobre a prancha, mostrando que sabia o que estava fazendo.

Entrando dentro de uma onda, tocando-a, se molhando toda e continuadamente, até sair de dentro do tubo de água com os aplausos de várias pessoas na beira da praia.

- Ah... – risada sem graça - Brigada... – responde ela a todos, muito vermelha e encabulada.
Reações: