Entre amigos

Música: we'll be coming back



Estávamos em uma colina, o céu estava azul e o vento forte passava por min e meu filho com força nos empurrando para frente.

A nossa frente estava o nosso amigo de chifre, peludo, e rosa. Muito parecido com um cão.
Mas não.

Eu olhei para o meu filho e sorri.

Ele me deu a língua num sorriso bobo.

Nosso amigo levantou a pata.

Nos preparamos e agachamos. Eu coloquei os pelos q caiam em meus olhos para trás, e ele dobrava os cotovelos para aliviar as tenções.

No momento que nosso amigo rosa abaixou o braço, meu filho e eu saímos em disparada correndo. Em um piscar de olhos, nosso amigo já não estava atrás de nós. 

Agora era apenas eu e meu filho, correndo rápido pela colina, desviando da grama alta, das arvores que apareciam pelo caminho fazendo uma ligeira sombra.

Não demorou muito e na minha corrida, comecei a pegar mais velocidade e a tomar a dianteira, com ele fazendo uma careta pra min.

Dei a língua em resposta.

Ele sorrio para min e abrio as humildes asas cinzas que se destacavam contra o pelo marrom-laranja de sua espécie.

Levantou um ligeiro voo e começou a me ultrapassar.

Dei um sorriso ligeiro, percebi uma arvore se aproximando rápido. Saltei para um galho. Me apoiei, saltei para fora e abri as minhas asas douradas-laranjas, batendo-as com força.

Logo o alcancei e já estava vendo o nosso amigo demônio rosa fazendo sinal com as patas, informando o ponto de chegada.

Meu filhote, obviamente bateu as asas o mais rápido que pode, tentando manter a disputa igual.

- Não irei ser bonzinho por que você sempre reclama depois! -falei em alto e bom som para ele, batendo as minhas asas e passando a dianteira dele, e passando pelo nosso amigo rosa momentos primeiro que meu filhote. E assim que fico de pé no chão, me viro e percebo o meu filhote de lobo-guara de cara feia para min.

- Seu chato! -exclamou ele enquanto eu ria alto e o nosso amigo ficava sem saber o que fazer naquela situação engraça ou estranha.

Reações: