Bem, esta vai ser uma looooonga lista.

Como o próprio título diz, eu primeiramente gostaria de agradecer a todos que antes de mais nada me estimularam a escreve esta história: todos vocês, da turma 902 (agora 1002) do Colégio Equipe Grau, que leram aquela pequena redação que acabou por virar um prólogo e pediram continuação, obrigado por me encherem o saco tanto que eu concordei e acabei tendo alguns dos melhores meses na minha vida com este blog.

Especialmente, gostaria de agradecer aos meus amigos e amigas Alana Vieira (minha melhor amiga, que me acompanhou esse tempo todo, apoiou, gritou, reclamou, tudo para que SILENCIAR ficasse ótimo e que me mataria se não estivesse nesta lista, mas está não somente por merecer, mas por me aguentar todos os dias), Guilherme Garrido, Larissa Estolano, Carol, Amanda e Carina Sousa, ambas as Thamires Lima e Pereira, Juliane Lopes (espero que tenha escrito certo), Lucas Figueiredo, João (Faustino) Risperi, Juliana Muhammad, Bruna Navarone (tenho a mais absoluta certeza de que errei) e um monte de outros que eu com certeza esqueci, e espero que me perdoem por isso, mas saibam que eu sempre lembrarei de todos vocês pelo quanto me ajudaram. Vocês são demais, mesmo que as palavras sejam simples.

Tenho também muito a agradecer a todos que conheci no caminho, a Thais "Cindy", Maria Williane, Gabriela Wiebe (Vibe!), Livia (Livs_m), Thali Betineli, Thalya, o Anjo das Sombras (que você bem sabe quem é, Diogo Marques Matta), Jeff Lane e Larissa Araujo, que conheço há tão poucos meses e já me enchem o saco cada vez que me impulsionam com suas explosões de entusiasmo que às vezes parece sair do nada, e eu sei que novamente esqueci um milhão de outros, mas desde que vocês saibam que agradeço e sou feliz de conhecer cada um de vocês, está tudo ótimo.

Eu não poderia deixar de agradecer ao Rayan "Sasuke_ap" por todos os templates e designs que ele fez pro blog, e de pedir desculpas por todas as vezes que tive de encher seu saco com um ou outro problema.

Tenho muito a agradecer também ao Marcos Valença, meu amigo e co-dono do blog. Afinal, ele foi o primeiro que leu, o primeiro que elogiou e o primeiro que deu a ideia de um blog. Para ele, só tenho que dizer muitos obrigados por todas as horas que ele perdeu lendo tantos novos capítulos e dando mais e mais opiniões, e me ajudando a corrigir tantos erros de continuidade ou localidade. Será que, sem ele, SILENCIAR seria o mesmo, ou sequer existiria?

Tenho também muitas dívidas com todas as bandas e artistas que nem sabem da minha existência, mas que ajudaram tanto a me levarem a pensar tantas cenas de SILENCIAR! The Fray, Nightwish, Evanescence, Trading Yesterday, Nirvana, Gloria, Coheed and Cambria, Queen, My Chemical Romance, 30 Seconds to Mars (*-*), Linkin Park, Avril Lavigne, Paramore, The Beatles, Legião Urbana, Pitty, Coldplay, Avenged Sevenfold, We Are The Fallen, OneRepublic e, ah, vocês sabem que há trocentas outras.

E, é claro, não posso deixar de agradecer a cada um de vocês que vinham ao blog toda sexta-feira, sempre querendo um novo capítulo. Obrigado a todos. E me desculpem por qualquer coisa, se decepcionei vocês com uma história ou com o final mesmo, mas eu dei meu melhor, e realmente espero que tenham gostado. Pois, afinal, SILENCIAR não é só minha: é nossa. É uma história que todos nós escrevemos juntos e terminamos juntos. E espero que possamos começar muitas outras histórias, pois ainda temos muito caminho pela frente, todos nós juntos.

***

Bem, perdoem todo o drama de um escritor despedindo-se de seus personagens, mas acho que não falei tudo o que sentia por que algumas coisas não podem ser traduzidas em palavras. Mas vamos para a parte que vocês estavam realmente esperando: as próximas histórias.

Como vocês sabem, ainda estou escrevendo ECOS, mas por enquanto, não me parece que ficará pronto tão cedo. Tenho pelo menos mais umas cem páginas pela frente, além de revisão e procurar uma boa editora, então eu vou pedir um pouco de paciência de vocês. Mas uma coisa eu posso afirmar: ECOS estará nas livrarias no mais tardar no inicio do segundo semestre de 2012. E eu não tenho a mínima intenção de deixar o blog até lá, ou mesmo depois.

Nesse meio tempo, eu prometo que escreverei histórias para vocês. Contos, ou sei lá, eu não tenho nada fixo na cabeça, e toda sexta será postado alguma coisa. Mas, enquanto nenhuma ideia original me surge na cabeça, eu já sei o que postarei para vocês.

A partir da sexta 21/10, será postado uma pequena trilogia, e quando digo trilogia quero dizer 3 capítulos, baseada no curta metragem "Hurricane", da banda 30 Seconds to Mars. Depois disso, será postada uma história baseada nas músicas do primeiro CD da banda My Chemical Romance, "I Brought You My Bullets, You Brought Me Your Love".

Para resumir, Hurricane será um suspense sobrenatural, passado num universo de sonhos e violência, e acompanhará três homens, Jared, Shannon e Tomo (eu escolhi os nomes na cara de pau mesmo) e uma noite sem fim numa grande cidade. "I Brought You My Bullets, You Brought Me Your Love", que em português seria algo como "Eu te trouxe minhas balas, você me trouxe seu amor", seguirá um casal de criminosos num mundo bem parecido com o nosso, porém com um detalhe: eles não são caçados apenas pela polícia pelos crimes que cometeram, mas também por criaturas da noite.

Hurricane, como eu já disse, terá três capítulos, e I Brought You My Bullets, You Brought Me Your Love terá em torno de dez. Se vocês gostarem da história, prometo fazer uma história baseada nas músicas do segundo CD, do terceiro e do quarto, e talvez eu faça uma história baseada nas músicas de Coheed and Cambria.

Enfim, se vocês gostaram da ideia, essa é a hora de falar. Se não, estou aberto a sugestões: um tema sobre o qual vocês gostariam de ler, um gênero... podem falar! E espero que vocês continuem se divertindo tanto quanto eu sei que vou me divertir.

Do dono deste blog, amigo de vocês e aspirante a escritor,
Yuri Costa.
Reações: